Dr. Alexandre Sousa - Cadiologia

Notícias

Sintomas podem prevenir a morte súbita

Autor: Dr. Alexandre Sousa
Data: 12/01/2016

Dr_Alexandre_Sousa_-_Blog_-_Sintomas_podem_prevenir_a_morte_súbita

Mais da metade dos pacientes que tiveram paradas cardíacas sentiram ao menos um sintoma nas quatro semanas antes do evento. Dor torácica ou falta de ar forma os mais importantes sintomas.

Destas pessoas que tiveram sintomas, mais de 80% tiveram sintomas com mais de uma hora de duração antes da parada cardíaca, com aumento da intensidade na última hora.

Apenas uma de cada cinco pessoas com sintomas chamou os serviços de emergência. Na maioria das vezes o evento de parada cardíaca ocorreu antes da chegada da ambulância.

A boa notícia é que nos casos onde foi contatado o serviço de emergência sobreviveram mais a parada cardíaca que aqueles em que o serviço não foi acionado antes da parada cardíaca¹.

Já sabíamos há longa data que em metade das vezes em que ocorre o infarto, os sintomas de dor mais forte claramente motivando a ida ao pronto socorro são precedidas da mesma dor só que mais leve².

O que nos leva a dizer que se você sente algo estranho no peito, mesmo que leve, e se perceber que é algo diferente do habitual, mas, principalmente se tiver doença cardíaca e /ou fatores de risco (conheça aqui os sintomas do infarto) a avaliação deve ser rápida.

O Oregon Sudden Unexpected Death (SUD) cohort, foi publicado na revista médica Annals of Internal Medicine em dezembro.


1 – Marijon E, Uy-Evanado A, Dumas F, et al. Warning symptoms are associated with survival from sudden cardiac arrest. Ann Intern Med 2015; DOI:10.7326/M14-2342. Abstract

2 – Pierard LA, Dubois C, Smeets JP, Boland J, Carlier J, Kulbertus HE. Prognostic significance of angina pectoris before first acute myocardial infarction. Am J Cardiol. 1988 May 1;61(13):984-7

Desejo receber mais informações no meu e-mail

Summer Comunicação Integrada